terça-feira, 1 de dezembro de 2015

CHUVISCO DA MADRUGADA - GOIÁ

"Um passeio romântico na chuva" - Emerick ( Emerico Imre Toth ) - artista húngaro , que não quer anunciar sua vida pessoal , acreditando que a principal coisa - é a sua imagem . Ele trabalha muito, porque , segundo ele, a perfeição pode-se encontrar em quase tudo , é por isso que ele pinta paisagens, retratos e naturezas-mortas .
CHUVISCO DA MADRUGADA
COMPOSITOR - GOIÁ

Chuvisco da madrugada
Garoa fina da solidão
Retalhos de sentimento
Lavando a mágoa de uma paixão

Gotinhas de amargura
Pranto sentido caído ao chão
Pedaço de uma saudade
Matando aos poucos meu coração

Amada criança grande
Por que me deixa neste abandono?
Quem dorme sempre em teus braços
À cinco noites morre de sono

Durante minhas andanças
Até quiseram tirar teu trono
Mas nós somos um do outro
Tu me dominas e eu sou teu dono

Que importa se o povo fala
Mas desconhecem nosso carinho
E quando a saudade aperta
Tu me procuras em meu cantinho

As horas deliciosas
Guardo comigo e sinto sozinho
Por ti eu enfrento o mundo
Doce pedaço em meu caminho



Gérson Coutinho da Silva, mais conhecido como Goiá, (Coromandel, 11 de janeiro de 1935 — Uberaba, 20 de janeiro de 1981) foi um compositor e radialista brasileiro. Ainda em pequeno gostava de recitar e incentivado pelo pai que lhe deu o primeiro instrumento musical, uma gaita, logo passou para um cavaquinho e em seguida um violão.
Estudou música com o maestro José Ferreira mas sempre gostou de poesia e trovas, aos 18 anos foi com o pai Celso Coutinho para Goiânia[2] , onde morou por dois anos, e formou o "Trio da Amizade", com programas diários na Rádio Brasil Central. Goiá e os componentes desse trio foram os primeiros do Estado de Goiás a gravar discos na Capital Paulista (foram dois discos 78 RPM na Columbia).
Na capital paulista, fez parte do elenco de diversas emissoras de rádio e suas composições foram gravadas por vários intérpretes, entre eles, Pedro Bento e Zé da Estrada, Liu e Léu, Irmãs Galvão, Zilo e Zalo, Caçula e Marinheiro, Tibagi e Miltinho, Primas Miranda, Belmonte e Amaraí, Sergio Reis, Celia e Celma, e muitos outros. Um de seus maiores sucessos foi "Saudades da minha terra", feita em parceria com Pascoal Todarelli, o Belmonte e gravada inicialmente por Belmonte e Amaraí .


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Abraços enviolados!