sexta-feira, 19 de setembro de 2014

QUINTAIS - Encontro de Violeiros


Lázaro Mariano

Quintais das vias caipiras,
Grupo Nópolis, Elton Jiran,
Trazendo a viola na mira ,
Violeiros e gente sã.

Quintais lá do Zé da Roça,
da viola do Zé Ventura,
das casinhas de palhoça,
de um povo que se mistura.

Mistura que faz tão bem,
Pedro Alvarenga e Hélio da Viola,
Neguinho, Emannuel e Lílian,
Prontos pra cantar na hora.

Um tempo que passa rápido,
De tão bom que é o “proveito”,
Bonito também é ver,
Vitor com a viola no peito.

Êta gente nossa brasileira,
É diverso o QUINTAIS,
Lembra o café e as lêras,
Riscando pra plantar mais.

Cláudio Nilson cantador,
Marco Zam e Zé Antônio,
Não tem ninguém amador,
A coragem é bom sinônimo.

Quem traz viola no peito,
Seu universo caipira,
Primeiro e segunda no jeito,
Que nem cipó com imbira.

Paulão puxando no grave,
Waguinho, um agudo perfeito,
João Hilário na segunda,
Tal qual a foice no eito.

Santinho de nova moda,
Dando de Elpídio  dos Santos,
Uma voz que acomoda,
Um Mazzaropi em canto.


Vieram Gonçalo e Canhoto,
A autêntica música caipira,
Um violão bem disposto,
No outro um solo que inspira!

Os Novatos da viola,
Deram o ar de seu brilho,
É essa uma nova escola,

De cantar traçando trilho.